NESTA PÁSCOA, CUIDADO! O CHOCOLATE É MUITO TÓXICO PARA OS CÃES!

NESTA PÁSCOA, CUIDADO! O CHOCOLATE É MUITO TÓXICO PARA OS CÃES!
NESTA PÁSCOA, CUIDADO! O CHOCOLATE É MUITO TÓXICO PARA OS CÃES!

pascoacao

CHOCOLATE

           O chocolate contém uma substância muito tóxica para os animais, a teobromina. A manteiga de cacau é o ingrediente presente em maior quantidade no chocolate, e é ela que possui a teobromina.

           A teobromina é uma substância com ação diurética, estimulante cardíaca e vasoconstritora, sendo extremamente nociva em excesso, podendo resultar em morte.

           A teobromina é o componente tóxico mais importante do chocolate e provoca grande estimulação cerebral e intenso aumento no trabalho muscular cardíaco, ocasionando arritmias cardíacas importantes nos cães.

           A concentração dessa substância no chocolate pode ser de 3 a 10 vezes maior do que no café. Ela também é encontrada no chá e bebidas à base de cola.

         Quanto mais matéria lipídica (gordura) possuir o chocolate, menor vai ser o teor de teobromina, como é o caso dos chocolates brancos, que não oferecem tanto risco para os animais.

         Quanto mais escuro for o chocolate maior a concentração da teobromina, havendo uma maior possibilidade de ocorrer intoxicação. Assim, os chocolates amargo e meio-amargo são os que oferecem maior risco, pois possuem um teor mais elevado desta substância.

           A quantidade de teobromina encontrada no chocolate é pequena o suficiente para que o chocolate possa ser consumido com segurança por pessoas em grandes quantidades, mas os cães metabolizam a teobromina mais lentamente, podendo facilmente se intoxicar.

         A teobromina é lentamente metabolizada e excretada, o tempo de meia vida é 17,5 horas (o tempo que leva para a concentração da substância no organismo, reduzir pela metade), permanece no organismo por até 6 dias, este tempo é prolongado devido a sua excreção ser pela bile.

           As doses tóxicas de teobromina estão próximas a 100mg/kg sendo fatais perto de 200 mg/kg. Porém, há relatos de sinais de intoxicação, como vômitos e diarréia, com ingestão de apenas 20mg/kg e também de sinais de efeitos cardiotóxicos com ingestão de 50mg/kg de teobromina.

           Há ainda, relatos de efeitos drásticos com a ingestão não só de chocolate em barra, mas também de chocolate em pó dissolvido em leite e oferecido aos cães.

Sintomas

           Ocorrem 6 a 12 horas após a ingestão.

           A teobromina permanece no corpo por 24h antes de ser eliminada.

          A morte pode ocorrer em 24h após a ingestão de doses fatais.

           Náuseas, vômitos, diarreia, dificuldade respiratória, ingestão de grande quantidade de água e aumento na quantidade de urina, desidratação, hiperatividade, arritmias cardíacas, hemorragias internas, hipertensão arterial sistêmica, o animal fica ofegante, as mucosas podem ficar azuladas (cianose), aumento da temperatura, fraqueza, tremores, incoordenação, convulsões, coma e morte.

           Além disso, o alto teor de gordura dos produtos à base de chocolate pode provocar pancreatite em animais sensíveis.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com