APRENDA A MEDICAR O SEU GATO, A VIDA DELE UM DIA VAI DEPENDER DISTO!

APRENDA A MEDICAR O SEU GATO, A VIDA DELE UM DIA VAI DEPENDER DISTO!
APRENDA A MEDICAR O SEU GATO, A VIDA DELE UM DIA VAI DEPENDER DISTO!

          Administrar medicamentos para gatos exige uma certa prática, alguns gatos são mais complicados, outros, mais agressivos e alguns são impossíveis de medicar. São animais adoráveis, mas quando não são acostumados à manipulação, medicar, é uma missão quase impossível. Não é a toa que existem textos que ironizam esta prática, realmente é muito fácil sair machucado, tentando forçar um gato a tomar medicamento.

          O meu conselho é, acostume o gato desde pequeno a ser manipulado na boca e após a administração do medicamento, faça algo que ele goste, brinque, faça carinho, dê o seu petisco preferido, são hábitos que estimulam uma lembrança positiva. Confesso que esta prática de estímulo de lembrança positiva funciona melhor com os cães, com os gatos, a prática e a forma de administrar o medicamento ainda é o melhor método. Claro que, socializar o gato desde filhote é muito importante, ter uma boa convivência com o seu gato faz toda a diferença na hora de manipular. Gatos que não são socializados, ou seja, que não são acostumados com a presença das pessoas diariamente, são extremamente difíceis de manipular, porque, na maioria das vezes, sofreram maus tratos, e as pessoas representam uma ameaça.

            Gatos são dificilmente enganados como os cães, misturar comprimidos com comida, nunca funciona com gatos, porque eles são extremamente exigentes quando se fala de paladar. Medicamentos palatáveis para gatos, realmente são um desafio para qualquer fabricante, porque o palatável pode agradar a uns, mas não agrada a todos. Conheço poucos medicamentos que são uma unanimidade em termos de palatabilidade para gatos, o Nutrifull Cat®, um suplemento vitamínico, é um deles. 

            Gatos são seres adoráveis, mas não gostam de ser forçados a nada. Podem apresentar muitas doenças em decorrência de stress e praticamente tudo estressa o gato, qualquer mudança de rotina, estressa o gato, mudar um móvel de lugar, estressa o gato, visitar o veterinário então, é muito estressante para o gato, acredito que, somente uma coisa estressa mais o gato que visitar o veterinário, tomar banho. Decididamente e de uma vez por todas, as pessoas devem entender que, gatos não tomam banho, exceto os gatos de pelos longos e o banho deve ser muito esporádico. Gatos possuem o hábito de se lavar todos os dias, são muito limpos, só não fazem isto quando estão muito debilitados ou com alguma doença na boca, então, sempre preste muita atenção, gato que está constantemente sujo, está doente. Observe um gato logo após tomar banho, ele vai se lamber todo, porque é como se você tirasse o cheiro natural dele, se ele falasse, diria, você me sujou todo e agora preciso me limpar de novo. Os gatos se reconhecem por cheiro, por este motivo, um gato que foi tomar banho no pet shop, quando chega em casa, apanha dos outros, pois eles não o reconhecem mais, acham que é um intruso e gatos odeiam intrusos. Isto mesmo, aquela história de pegar outro gatinho para fazer companhia, esqueça, gatos querem ser únicos e exclusivos, querem todas as atenções voltadas para ele, outro gato significa concorrência, tudo que era só dele, comida, brinquedos, espaço carinho, agora vai ter que ser dividido, inclusive você, sim, os gatos acham que são nossos donos. Para gatos, dividir significa stress, imagine um lugar com muitos gatos, a carga de stress é muito alta, porque existe uma disputa diária por praticamente tudo, este é um dos motivos que leva estes gatos a apresentarem muitas doenças crônicas, porque o stress baixa a imunidade e dificulta muito a recuperação. Claro que, em um ambiente com muitos gatos, o risco de contrair doenças infecto-contagiosas é muito maior.  

            Internar um gato para tratamento ou hospedar, exige muita atenção, que deve ser redobrada se o gato for gordinho. Gatos não podem ficar mais do que 5 dias sem se alimentar, principalmente os gordinhos, porque nesta situação, o organismo entende que existe uma restrição energética e passa a metabolizar a gordura do corpo para usar como energia, e esta gordura começa a se depositar no fígado, causando a lipidose hepática, uma doença muito grave que leva a óbito muitos gatos, mesmo com o tratamento. Gatos só devem ser internados se a vida deles depender disso, porque eles odeiam mudança e principalmente ambientes estranhos. Outro fator muito importante é o local de internamento, gatos só devem ser internados em locais com pessoas acostumadas a trabalhar com felinos, porque eles param de comer facilmente, apenas com a mudança de ambiente, imagine, sentindo-se mal, ou com dor. Muitas vezes, os gatos só comem quando fazemos muito carinho neles e, infelizmente, na rotina da maioria dos internamentos, as pessoas não tem disponibilidade para isto, então, o meu conselho é, aprenda a manipular e medicar o seu gato, pois a vida dele um dia vai depender disto.

           Podemos também melhorar a palatabilidade do medicamento para que ele se torne atrativo para o gato, passando o comprimido na margarina ou requeijão, os gatos gostam. Outra forma é envolver o comprimido com margarina, fazendo uma bolinha e congelar, as bolinhas congeladas ficam palatáveis e escorregam pela garganta mais facilmente.

                Administrar medicamento líquido para um gato é algo impossível se este não for palatável, não adianta insistir, o medicamento vai fora e você vai ficar todo arranhado. Nunca aplique a medicação em jato na boca, isto é muito perigoso, pois o medicamento pode ir para os pulmões e causar insuficiência respiratória grave, que pode resultar em óbito.

           A melhor forma de medicar um gato é através de comprimido ou medicação injetável. Para dar o comprimido, coloque o gato em cima de uma mesa, levante a cabeça e abra a boca, solte o comprimido na garganta, bem no meio e empurre com o dedo indicador rapidamente. No caso de medicação injetável, o meu conselho é, leve para aplicar e depois retorne para casa. Alguns gatos também se estressam com a caixa de transporte e com o carro, para amenizar isto, acostume o gato à caixa de transporte, deixe ela no ambiente habitual dele, aberta, para que ele entre e deite, gatos adoram caixas, isto vai ocorrer naturalmente, o que vai diminuir o stress de ter que entrar na caixa. Quanto ao carro, não tem jeito, a não ser que você encontre alguém que aplique a medicação em casa, agora, esta situação trás outro problema, quem vai segurar o gato para a aplicação da medicação, isto exige prática e uma forma especial de segurar, claro, que alguns gatos são mais fáceis e outros extremamente difíceis, louvados sejam os medicamentos injetáveis de longa duração para gatos, agradeço todos os dias por eles existirem.

            Muito cuidado com medicamentos de uso tópico em gatos, raramente indico, para dizer a verdade, nunca indico, a não ser que o local da aplicação seja uma região do corpo que o gato não alcance, mas neste caso, só existe uma região, a nuca, então esqueça medicamentos tópicos. Gatos se lambem muito, passar algo em seu corpo significa que em poucos segundos vai estar no seu estômago e causar uma intoxicação e neste caso você terá dois problemas a resolver, a lesão e a gastrite. Medicamentos tópicos só devem ser usados em gatos com colar protetor, realmente tinha esquecido do colar protetor, não existe nada mais estressante para o gato do que usar um colar protetor, mais ainda do que tomar banho, alguns param de comer e neste caso podem apresentar lipidose, um problema ainda mais grave. Sinceramente, o melhor é limpar a lesão com soro fisiológico e deixar cicatrizar sozinha, sem passar nada, claro que, nem sempre isto vai ser possível, em casos de lesões extensas ou causadas por lambedura excessiva, isto não poderá ser feito e teremos que usar o bendito colar. 

              Outro procedimento que aconselho todo dono de gato aprender a fazer é aplicar soro debaixo da pele, pode parecer complicado mas não é, na verdade é muito simples, exige alguns cuidados, mas o seu veterinário pode ensinar. Gatos possuem tendência a apresentar problemas renais devido ao hábito de tomar pouca água e de se alimentar quase que exclusivamente de ração seca, a qualidade da ração também é um fator importante . Muitas vezes os gatos não ingerem muito líquido porque são extremamente exigentes com a água que bebem, deve estar sempre limpa e fresca. Quantas vezes não observamos os nossos gatos na torneira tentando tomar água, eles adoram água corrente, aconselho ter uma fonte em casa, mas cuidado, a água deve ser trocada várias vezes ao dia. 

              Realmente a vida de dono de gato não é nada fácil, mas então porque tantas pessoas, inclusive eu, adoramos gatos, porque eles valem cada minuto de convivência, são seres apaixonantes, extremamente carinhosos e muito companheiros. Conviver com gatos é maravilhoso, eles nos transmitem paz e serenidade. Escutar o ronronar de um gato bem próximo do seu ouvido é muito relaxante, aconselho diariamente.

             Os gatos escolhem as pessoas a quem vão dedicar todo o seu carinho e são extremamente fiéis e sensíveis, percebem nossos sentimentos, quando estamos tristes, gostam de ficar muito próximos, para nos dar conforto. Adoram dormir em cima da nossa cabeça, confesso que as vezes isto não é nada relaxante, principalmente quando não conseguimos respirar.  Eles são capazes de perceber energias negativas e reagem a isto, então preste muita atenção às pessoas que seu gato foge, talvez elas não sejam aquilo que você imagina. Já as pessoas que ele fica se esfregando e até mesmo deita no colo, o máximo da confiança, são pessoas de boas energias. Claro que, existem gatos que não são sociáveis com outras pessoas por medo e saem correndo quando qualquer pessoa nos visita, para estes, apenas observe, com o tempo, quando perderem o medo vão se aproximar, se a pessoa tiver uma energia boa.

               Brincadeiras a parte, para quem tem gatos, aprender a medicar é fundamental, a vida do seu gato um dia vai depender disto. Estarei à disposição para esclarecer dúvidas, escrevam, todas as perguntas serão respondidas o mais breve possível, quem já escreveu para o blog sabe, sempre respondo todas as perguntas.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com